segunda-feira, 28 de julho de 2008

Batman Experience

O filme mais esperado do ano é, sem dúvida, Batman – O Cavaleiro das Trevas. Você já assistiu. Seus amigos já assistiram. Seus pais já assistiram. Sua empregada, seu cachorro, seu chefe, seus subordinados, seu anão de jardim, todos já viram. Tem até um vídeo na internet que expressa bem a neura em volta desse filme.



Acabo de descobrir que ele bateu praticamente todos os recordes de bilheteria que ele poderia bater. É possível que ultrapasse o Star Wars original. Deus queira também que ultrapasse o Titanic.

Eu vou dar minhas opiniões sobre o filme, mas antes eu vou falar um pouco sobre a campanha de marketing que fizeram pro filme. Porque nesses tempos, não adianta jogar um comercial de TV, website bacaninha, promoters vestidas de Mulher-Gato. Você precisa criar uma experiência.

Os divulgadores decidiram inserir as pessoas no mundo do Batman. O Coringa supostamente começou a criar websites, centrados na página Why So Serious, em que demandava fotos de fãs vestidos de palhaço, distribuindo presentes (como kit de maquiagem), até que começou a espalhar (no mundo físico mesmo), celulares e outros itens, para que pessoas achassem, recebessem mensagens, instruções.

Depois, um outro site jogou o então Tenente Gordon na história, e era ele quem ligava para os celulares, acusando os proprietários de entrar para a gangue do Coringa!

E no meio de tudo isso, aparece a campanha e o site I Believe in Harvey Dent, (a essa altura do campeonato, devidamente... alterado) para que os habitantes de Gotham votem em seu promotor público bipolar favorito. Com direito a entrevistas (no site de notícias de Gotham, é claro), passeatas em cidades americanas, e até mesmo uma Van da campanha.





Pode simplesmente parecer festinha nerd. Tecnicamente, é exatamente isso o que é. Mas demonstra a criatividade e o poder de persuassão do marketing, em atrair fãs, sem falar que tem ligações diretas com o roteiro do filme. Ou seja, não é forçado nem gratuito. Não insulta a sua inteligência como 50% das campanhas publicitárias do mundo.

Nem a morte do Heath Ledger impediu a campanha. O ponto alto dela foi a estréia do segundo trailer do filme. Um jogo de caça ao tesouro com fãs, a mando do Palhaço do Crime, em 14 cidades pelo mundo, tudo ao mesmo tempo.

Eu estive presente nessa caçada aqui em São Paulo, e falarei dela no próximo Post.

(agradecimentos ao Caio D´Aprille por correções)

Um comentário:

annapaula disse...

ora, ora, ora... vejam só quem tem um blog agora! silinhas!!! uhuuuu!!! parabéns pela iniciativa, eu gostei bastante! ah, e o logo ficou muito bacana, parabéns! eu deveria fazer um logo para o meu também, mas não queria que levasse meu nome, como se eu fosse um produto... bom... vou pensar em alguma coisa... depois vê lá o meu e me diz o que você acha, tá? http://annapaula.wordpress.com

beijos, mi amore!